segunda-feira, 29 de novembro de 2010

A ver vamos...


Carta registada ao destinatário.
A ver  se acontece algo...



Ladrões e as suas excepções

*
Fui positivamente surpre- endida com as medidas de austeridade que o governo despachou para fazer frente à situação económica actual do país. Acho uma medida sensata! E confesso que, se vivesse em Portugal, não participava na greve, por considarar esta solução correcta - paguem os que mais recebem. Mas qual não foi o meu espanto, ao ler a aprovação ao regime de excepções aos cortes salariais. Mas que politica é esta? Será que em Portugal não há políticos honestos? Será que esta genta não vê a necessitade que há em limpar a sua reputação? Nem para isso já se dão ao luxo, roubar à descarada, sem a mínima preocupação em esconder as manobras do roubanço - com o povo que regem, não é de admirar!

Que gente estranha! Fazem greve quando os que mais ganham, têm que abdicar de uma parte do seu ordenado, mas ninguém pia quando é decidido que há excepções para os "criadores" deste regulamento. É mesmo uma República das Bananas, mas não pelo facto da classe política ser corrupta, mas mais por serem um povo de bananas - Heróis no mar e cobardes na Terra - preferia o contrário!
*

domingo, 28 de novembro de 2010

Socrates um grande politico português e poliglota desenrascado

*
*
*

*


Vou dar uma voltinha ao Wikileaks para ver se também arranjaram
um nome adequado pare este grande artista português.
Gostei do Nome Angela Teflon Merkel ;)

*

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

domingo, 14 de novembro de 2010

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Dum Dum light!

*

Amigos, vocês já viram o que seria  este país sem boys e tio corrupto? Já viram que vidas tristes nós levávamos, se tudo funcionasse nos conformes? Nós, os que nos consideramos intelectuais e altamente perspicazes, capazes de descortinar logo à primeira as manobras corruptas dos governantes, não passamos de cumplíces do regime. Aqueles com a formação necessária, conhecem as leis, por vezes melhor que os azelhas parasitas que nos desgovernam, e em vez de agirem, utilizando os poucos recursos que nos restam para fazer frente à incompetência que constantemente nos persegue, passam o tempo, aqui na blógosfera e noutros sítios do género, escrevendo textos altamente bem elaborados, usando a palavra de forma vaidosa como outros demonstram em punhos bem nutridos um Rolex genuíno. O que nós queremos é pano para mangas! O nosso interesse em mostrar ao mundo o inteligente e perspicaz que somos, é maior que a necessidade que temos em agir para que esta terra seja mais digna para todos. Nós não passamos de uns grandes cagões, armados aos cucos a cagar palavras de dicionário. Crime não só comete aquele que mata! O que vê matar e não intervém, é tão crimininoso como o outro. O que agente gosta é de blá, blá, blá tipo Dum Dum light, daquele que só dá caganeira às moscas, mas não as mata.

*

terça-feira, 9 de novembro de 2010

A grande diferença entre Portugal e Espanha é

*
eles terem um simples Zapatero


e nós


um grande Engenhero

*